Futuro incerto

Esse ano, estamos presenciando três equipes novatas no mundo da Fórmula 1: Virgin, Hispania e Lotus . Bom, antes que me chamem de louco, eu chamo a Lotus de novata sim porque essa nada a ver tem com a Lotus de um dos maiores gênios da história do automobilismo, Colin Chapman. Lendo algumas noticias, um conjunto de informações das mesmas me chama muito a atenção. Mas vamos por partes:

Lotus: É a melhor das estreantes, sem duvidas. Quase que sempre está a frente das outras equipes novatas. O que me chamou a atenção é que a equipe malaia tem já fechado um acordo para utilizar motores Renault para o ano que vem. Outra novidade é de que pode existe uma troca de pilotos entre a equipe nova e a Renault; o finlandês Heikki Kovalainen voltaria a equipe francesa, enquanto o jovem russo Vitaly Petrov iria para a equipe malaia para pegar mais experiência, segundo informações. Isso pode dar muito certo, mas não sabemos se a curto ou longo prazo. Pode ser que a equipe possa melhorar e começar a marcar pontos aqui e ali, ou dar uma de Brawn GP, mas o que é muito difícil. Dinheiro eles tem e muito, agora resta ver se tais mudanças vão acontecer e se acontecer, se vai dar certo.

Virgin: A equipe do brasileiro Lucas di Grassi ainda é uma incógnita. Com um carro criado a base de computação e sem túnel de vento, a equipe deve continuar com os motores Cosworth para o ano que vem, caso continuem é claro. Timo Glock, que é o penúltimo colocado no mundial de pilotos, a frente apenas do japa Yamamoto, da Hispania, está frustrado e se diz por ai que ele quer ir embora ano que vem. Mas fica a pergunta: Para onde ele vai? As únicas vagas que talvez sobrem sejam na Renault, onde Kovalainen e Sutil são mais candidatos que ele e também tem a Sauber, mas a equipe suíça deve fechar uma parceria com a empresa de telefonia mexicana, a Telmex, que deve levar algum mexicano para pilotar ao lado de Kobayashi. Na Force India, o substituto natural de Sutil será o di Resta, se o alemão sair mesmo. Já Lucas di Grassi, vem fazendo um bom trabalho e deve seguir na equipe ano que vem.

Hispania: De longe, a equipe mais confusa, pobre, lenta e sem futuro certo da temporada. A equipe que de tão pobre, aceitou Yamamoto como piloto porque o japa pagou para correr, corre serio risco de nem participar da Fórmula 1 ano que vem. O indiano Chandhok, que vinha até bem na temporada, foi sacado e é difícil voltar e ficara quase impossível após o fechamento de acordo da equipe com a Toyota. Esse acordo foi até noticiado como salvador em vários noticiários pela internet. O acordo é esse: A Toyota desenhará, construirá e desenvolverá o carro da Hispania para a próxima temporada. A equipe de Bruno Senna pode ter, finalmente, acertado em uma. Se continuar para o ano que vem, seria muito legal que a equipe pudesse dar um salto importante e brigasse, pelo menos, por posições intermediárias. Vamos ver até lá como que vai ser.

Vote:

Publicado em agosto 8, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 60 Comentários.

  1. A Lotus é a Lotus… Não é aquela mesma de Colin Chapman, mas tem o aval de seu filho, pelo menos isso e isso pode ser uma coisa boa, atraindo investidores, que foi o que aconteceu.

    A Virgin… Putz… Ela veio sem túnel de vento acreditando que iria andar bem, pois essa mesma tecnologia leva pessoas pro espaço… Bem, acho que fazer aviões voarem deve ser mais fácil do que fazer um carro ganhar uma corrida.

    A Hispania… Putz[2]… Mas bem, eles vieram com um carro pesando horrores, sem dinheiro e sem nada, ao meu ver até que estão indo além do esperado e esse acordo pro ano que vem vai ser ótimo pra equipe. Tomara que ela suba pro nível da STR, pelo menos.

  2. Pra mim, a Lotus tem um bom futuro. Além do motor renault, a equipe tem dinheiro de sobra e pode investir pesado! Pra mim, a virgin que pode se dar mal, até porque vai continuar com os velhos Cosworth e podem ficar para trás. mesmo assim, também tem muito dinheiro. A Hispania pode melhorar muito graças a essa parceria com a Toyota. Vamos ver no que vai dar! Abraços!

    • Eu sempre achei a Hispania a mais fraca e sem futuro. Mas pelo que vejo, eles podem se salvar com essa parceria agora com a Toyota. A virgin pode se prejudicar, mas a Cosworth pode melhorar os motores também.

  3. Dessas, eu sou mais a Lotus!

  4. Quando vejo a criatividade dos detalhes da Red Bull, logo me vem a cabeça Colin Chapman, a Lotus atual, também não tem essa criatividade, mais parece que voltou para ficar, mostra que realmente o nome Lotus, as cores, que querem reviver toda a magia da equipe, para mim é a Lotus na pista.

    Virgin, gostei da coragem, hoje todos caem de pau, vamos ver no futuro o que ela vai mostrar.

    Hispania, para mim ainda não existe, essa é mais uma do Moslley, agora com o apoio da Toyota pode ser????

    • A Lotus, como eu disse, é novata até pelo tempo que ficou fora, por ter mutado praticamente tudo dela. Mas espero que possa viver os bons tempos da Lotus de Colin Chapman. A virgin investiu em um projeto novo e ousado. Começou mal, mas agora estão até bem. Hispania vai depender muito dessa parceria agora com a Toyota.

  5. O futuro dessas novas equipes é permanecer na F1 por mais um ano.
    Com a mudança total da F1 para 2013, ai sim vai ficar impossível, creio que vem uma nova enxurrada das grandes fabricas e devem tentar comprar as equipes fracas.
    O novo conceito dos motores pequenos e ecológicos, todos os fabricantes de motores vão ter que começar do zero, mais turbo, mais motores elétricos para andar nos box, não tem como as pequenas sobreviverem, é nesse ponto que nem a Fiat, Mercedes Benz e a Renault, vão ter alguma vantagem, vão ficar em igualdade de condições com qualquer outro fabricante.
    Pensando no verde, até o combustível deve mudar.
    São muitas mudanças onde as equipes vão precisar $$$$$$$$$$$$$$$.

  6. Honda anuncia construção de novo motor turbo para Indy a partir de 2012.
    O novo motor para a temporada de 2012, será biturbo V6 de 2.4 litros.
    Fabricante japonesa revelou que construirá um novo propulsor, quando a Indy passará por mudanças significativas em termos de configuração técnica.
    “ Nosso compromisso com a Indy permanece, temos o prazer de reafirmar este compromisso”.

  7. lucasdesiderato

    Acho que as três continuam no ano que vem, mas a Hispania fica na frente, pois – provavelmente – terá o carro projetado pela Toyota, o que seria uma grande ajuda.
    A Lotus deve ser bastante ajudada pelos motores da Renault e o dinheiro que não deve faltar pro time. Seria um grande passo, se eles conseguissem o nome da verdadeira Lotus, e com isso grandes projetistas poderiam chegar.
    Na Virgin só santo salva, usará motores Cosworth, não tem tunel de vento, e bem provavelmente terá de achar outro piloto.

  8. Lotus! até agora,é a que mostrar maior compromisso com a F1.

    A Virgin,é teimosa : insiste no teto orçamentário baixo,além de não terem túnel de vento,uma hora ou outra o Richard Branson desiste dessa brincadeirinha,

    A Hispania,tem altas chances de não correr ano que vem,mesmo com a compra das instalações da Toyota.

  9. Além do que a Lotus está desenvolvendo um programa de jovens pilotos.

    Sem falar que eles vão montar uma equipe na Indy (IRL) em 2012!

    Só falta eles irem pra Nascar! :0

  10. Pues yo le veo mas futuro a lotus e hispania, porque segun los rumores hispania se va a unir a toyota, y si es así si los veo el año que viene en la F1.. yo creo que virgin no dura un año más. saludos!!

    • Pois é SilF1, A Virgin parece mesmo ser a equipe mais perdida entre as outras duas. A Hispania fica por conta mais do dinheiro, se ela tem o suficiente para ficar na F1 ano que vem. Já a Lotus, pode ficar um bom tempo pois, além do dinheiro, pode andar bem com o motor Renault. Saludos!

  11. Ralf Schumacher defendeu seu irmão em meio às críticas contínuas ao seu retorno à Fórmula 1.

    ” Michael é descrito como uma espécie de robô sem sentimentos, meu irmão não é assim, sobre sua manobra na Hungria pediu desculpas, todos deveriam aceitar e seguir em frente”.
    Ralf disse que não é uma surpresa que os maiores críticos da manobra de seu irmão em Hungaroring incluam David Coulthard, Jackie Stewart e Alex Wurz.
    “Há pessoas que têm história com Michael, foi uma manobra dura, mas mostrou como Michael ainda leva seu trabalho a sério, do ponto de vista de um piloto, uma coisa é clara, a volta dele ajudou toda a Fórmula 1, Michael já mostrou nesta temporada que ainda tem velocidade”.

  12. lucasdesiderato

    Olha em o assunto é bom mesmo. No meu blog bateu o recorde de comentários em um post. E aqui é o mais comentado que já vi. ÓÓÓ Da-lhe novataaasss. kkkkkkk

  13. Domenicali chamou de hipocrisia as críticas pelo jogo de equipe da Ferrari, a equipe impôs uma ordem para que Felipe Massa cedesse a primeira colocação a Fernando Alonso, o jogo de equipe está proibido na F1.
    “Fiquei chocado ao ver tanta hipocrisia”.
    “A nova asa dianteira proporcionou um ganho de performance incrível, fiquei muito satisfeito os resultados estão aparecendo, nós sabemos que há muito que fazer, estamos em férias, talvez possamos até encontrar uma nova inspiração”.

    A Ferrari será julgada pelo Conselho Mundial da FIA, no dia 8 de Setembro, além dessa polêmica, a Ferrari também está envolvida com a asa dianteira, que é flexível, o que também infringe o atual regulamento técnico.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: