Hamilton, o novo gênio da Fórmula 1?

É impossível falar sobre a Fórmula 1 atual sem falar dos pilotos que se destacam nela e Lewis Hamilton é um desse grandes pilotos de agora. Mas a pergunta que fica é se podemos considerar Lewis Hamilton o novo gênio da Fórmula 1. Algumas pessoas até dizem que ele é o novo Senna da Fórmula 1. Senna é até seu maior ídolo e Hamilton uma o capacete bem parecido com o do ídolo.

Campeão da GP2 em 2006, Hamilton chegou a McLaren como um dos nomes a substituir o sete vezes campeão Michael Schumacher. A Mclaren, que havia feito um campeonato terrível em 2006, contrata também o então grande nome da Fórmula 1 atual, o bicampeão Fernando Alonso e com ele os famosos 7 décimos. O desempenho de Hamilton impressiona a todos, com nove pódios seguidos e entre eles três pole e duas vitórias. A primeira no Canadá e a segunda nos Estados Unidos. Vence mais duas corridas, na Hungria e no Japão. Tudo isso fez com que Hamilton fosse líder do campeonato, batendo o então poderoso Alonso. Só que a inexperiência falou mais alto na hora em que se precisava justamente dela. Na China, onde foi pole e liderava, Hamilton recebia forte pressão de Raikkonen, que também brigava pelo titulo, mas não tinha tantas chances assim. Ao entrar nos boxes para trocar os pneus de pista seca para os de chuva, Hamilton acaba errando e Fica na caixa de brita na entrada dos boxes. Ainda sim, era o líder do mundial. Na ultima corrida, no Brasil, Hamilton ainda era o candidato com mais chances, mas com dois erros bobos perde o campeonato por 1 ponto. Apesar disso, seu desempenho na Fórmula 1 pela primeira vez impressionou, sendo considerado um dos melhores inícios de carreira da Fórmula 1.

Em 2008, Hamilton ganha a primeira corrida do ano, na Austrália. Voltaria vencer no GP de Mônaco, onde até teve um pneu furado no inicio da corrida, mas conseguiu se recuperar e vencer a prova. No Canadá, Hamilton cometeu um erro de principiante, ao bater seu carro no de Raikkonen na saída dos boxes. Chegou a perder a liderança do campeonato para Felipe Massa na França. Depois disso, conseguiu vencer duas corridas seguidas, na Inglaterra onde fez uma grande corrida na forte chuva que caiu e outra na Alemanha, quando chegou a estar em quarto após a sua última parada, mas se recuperou bem e garantiu a vitória e recuperou a ponta do mundial. Venceria na Bélgica de novo, mas por cortar uma chicane e não devolver corretamente a posição, Hamilton é punido em 20 segundos e cai para terceiro, mas ainda segue líder do campeonato. No Japão, onde estava já muito bem encaminhado para o titulo, faz a pole mas não larga bem e faz uma lambança na largada, chegando apenas em décimo segundo na corrida. Se recuperou rápido na China, quando venceu e colocou as mãos na taça. No GP do Brasil, tudo ia muito bem até que, nas últimas voltas, ele é ultrapassado por Vettel e cai para sexto, mas na quase no fim da corrida consegue passar Glock e chegar em quinto para ganhar o seu primeiro titulo e no seu segundo ano de Fórmula 1.

Seu começo de temporada de 2009 foi tenso. Após a corrida da Austrália, primeira do ano, Hamilton teria mentido para os comissários em uma reunião.  Jarno Trulli, que pilotava para a Toyota, estava a frente de Hamilton quando perdeu o controle do carro e saiu da pista, sendo passado por Lewis, quando o carro de segurança estava na pista. Hamilton deu passagem para Jarno com a corrida ainda sob bandeira amarela. Trulli foi penalizado com 25 segundos, mas os comissários voltaram atrás e desclassificaram Hamilton pelo caso. Isso gerou várias especulações como a própria saída do britânico da equipe, mas não aconteceu. A tempoara de 2009 também foi difícil pelo carro da McLaren não ser competitivo. Hamilton só consegue vencer na décima corrida do ano, na Hungria. Após a Hungria, foi pole no GP da Europa, onde chegou em segundo atrás de Barrichello. Na Itália, mais uma pole, mas bate na última volta jogando o terceiro lugar fora. Mais uma pole em Singapura, mas agora a vitória também viria junto. Dois terceiros lugares, um no Japão e um no Brasil e uma pole em Abu Dhabi, onde abandonou por problema nos freios, encerram a temporada de Hamilton, que marca 49 pontos e fica em quinto lugar no mundial.

Na temporada atual, Hamilton está muito bem. A primeira corrida do ano foi no Bahrein, aonde o britânico chega em terceiro. Na Austrália, após uma qualificação ruim, mas fazia uma grande corrida até ser atingido por Webber, chegando em sexto. Na Malásia, o erro da equipe no treino faz com que Hamilton saia apenas na vigésima posição, mas em uma ótima largada e em uma grande corrida, Hamilton chega em sexto. Na China, Mais outra grande exibição de Hamilton, com várias e lindas ultrapassagens, chegando em segundo lugar. Na Espanha, Hamilton vinha muito bem em segundo lugar até que o seu pneu dianteiro esquerdo estoura e o seu carro bate. Sua primeira vitória na temporada veio na Turquia após o toque entre as duas Red Bull’s. Hamilton ainda perdeu a posição para Button, mas conseguiu recuperar logo para poder ganhar sua primeira no ano. Na corrida seguinte, no Canadá, Hamilton interrompe a série de poles da Red Bull, fazendo sua 17ª pole position e vencendo a corrida, vitória que deu a Hamilton a liderança do campeonato.  Após as vitórias, dois segundos lugares; um em Valência e outro em Silverstone. A McLaren sofreu uma queda de rendimento após essas corridas, mas Hamilton conseguiu um bom quarto lugar na Alemanha. Na Hungria, ele estava também em quarto quando seu carro quebrou. A quebra foi prejudicial, pois tirou a liderança de Hamilton do campeonato sem ter o melhor carro.

Na última corrida, Hamilton venceu de ponta a ponta em Spa-Francorchamps, reassumindo a ponta do campeonato. Em seu quarto ano de Fórmula 1, Hamilton mostra todo seu talento em várias corridas, mas também ainda comete um errinho aqui ou ali, mas acontece com qualquer 1. O campeão de Fórmula 1 mais jovem pode ser bicampeão esse ano, se não ano que vem. Terá muito tempo na Fórmula 1 e pode vir a ganhar vários títulos. Talento ele têm, mas será que devemos o chamar de gênio ou ainda é cedo? Responda o que acha nos comentários.

Publicado em agosto 31, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 28 Comentários.

  1. Ainda é muito cedo para dizer que Lewis Hamilton é um gênio. Gênio é aquele que consegue superar as dificuldades, e ter bons resultados mesmo numa equipe com poucos recursos. Não é o caso do Hamilton.Estar numa equipe como a Mclaren com grandes recursos financeiros,melhores motores,equipe de macânicos ,engenheiros,ai tudo fica mais fácil,é claro que um pouco de sorte também ajuda.É bom lembrar que foi com ajuda de muita sorte que o Hamilton foi campeão em 2008,com apenas 1 ponto a mais do que o Felipe Massa, e para nossa tristeza foi no grande prêmio do Brasil.Porque não dizer que o Rubinho é um gênio,qual piloto na história da formula 1 coseguiu correr 300 GPs.Será que não precisa ser um gênio?Não teve a mesma sorte e a mesma atenção dos outros pilotos da equipe por que passou,mais não deixa de ser um gênio.

  2. Não comparo ele com Senna e pilotos do tipo de jeito nenhum, mas o talento dele é inegavel e não me surpreenderia um Bi dele esse ano.

  3. Gênio,eu não sei,mas que ele é um dos melhores da atualidade,isso ele é.

    Apesar de ele está brigando pelo título,acredito que a RBR ganhe o campeonato,já que a vantagem da McLaren é temporária.

  4. Quando falo “RBR” entenda como: Mark Webber,já que da parte do Vettel…

  5. Daniel, primeiramente, seu texto está espetacular.

    Agora, sobre Hamilton, falta para ele se tornar Gênio, não é qualquer piloto só porque ganha em Spa que pode ser considerado gênio.

    Aliás, não nos esqueçamos que quase ele entrega a paçoca na Bélgica nos boxes, hein!

    Quando ele for tri, se for, aí pensemos em chamá-lo de gênio.

    Grande abraço Daniel e parabéns pelo texto.

  6. Gênio ou não, hoje ele é eficiente em todas as circunstâncias. Consegue abrir caminho no meio do pelotão tão bem quanto controlar uma corrida liderando de ponta a ponta. No blog do James Allen, estavam comparando ele ao Vettel, que é 2 anos mais novo, mas tem 6 GPs a mais. Enquanto o Lewis já passou da fase das besteiras – aquela do Canadá-2008 foi dose!! – e hj é perfeito – tirando o ar blasé que todo funcionário da McLaren tem, qual o defeito dele na pista?? – o Sebastian continua “impetuoso”, como bem definiu o Ron Dennis.
    Digamos que ele esteja no caminho entre um Mansell e um Senna. Acho que chega lá.

    • Ele tem tudo pra fazer história. Ele é muito novo e vai conquistar mais titulos tranquilamente. E com o tempo ele vem errando menos. Vettel é muito bom, mas acho que ainda erra demais pra quem quer ser campeão.

  7. hay que aceptar que hamilton ha madurado bastante!! despues de como perdio el titulo en 2007 hamilton ha madurado y me parece que no cometera los mismos errores de años antes, no se si será el nuevo genio pero lo cierto es que hará historia.

  8. Gênio mesmo acho que ainda não… Mas é dos melhores pilotos surgidos desde Senna.
    Penso que ele não faria feio naquela época.

  9. Nenhum piloto até hoje, chegou na F1 como o Hamilton, olha que eu não sou torcedor dele, mais é o piloto que mostra ter o melhor domínio sobre o carro.
    Sim Lewis é muito parecido na pista com o Senna.
    Parece que seus reflexos são superiores aos dos outros pilotos.
    É o piloto que consegue dar seu show.
    Estrela ele tem, pois começou em uma equipe de ponto e se igualou ao Alonso.
    É muito difícil ele chegar nos títulos do Michael, mais que já é um génio isso ele prova a três anos.

  10. Hamilton é gênio e muito parecido com Alonso que é Genioso.

  11. Como eu tinha falo com Daniel os esportes tem uma nova tendencia a dos super-atletas.E Hamilton diz as especulações que esta dentro dessa “galera”.

    Acho que para ter uma estreia brilhante deve ter sido preparado desde cedo(simuladores,karts,academia e todos esses aparatos).E quanto a genialidade…

    Genialidade é R.gaucho que tirou o Barcelona da crise.Acho que com todo material que Hamilton tem,ele é um grande piloto.

  12. “Campeão da GP2 em 2006, Hamilton chegou a McLaren como um dos nomes a substituir o sete vezes campeão Michael Schumacher” ?

    Não entendi…Schumacher na McLaren???

  13. O Hamilton tem momentos geniais, quando (e não ‘se’) ganhar 3 títulos entrará no Olimpo da F-1 (sentado à direita de Senna e à esquerda de Fangio).

  14. Eu acho que ele vai chegar nos seis titulos. É mesmo um genio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: