Alonso faz grande corrida e vence na Itália

O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, conseguiu uma ótima vitória na pátria da equipe vermelha. Alonso, que largava em primeiro, perdeu a primeira posição na largada para Button, da McLaren, e dividiu as primeiras curvas com Felipe Massa, mas conseguindo se manter em segundo. Hamilton, que largou bem, acabou se tocando com Massa e acabou tendo a suspensão dianteira quebrando no toque, abandonando a corrida e também com todas as chances de perder a liderança do mundial. Webber, que largava em quarto, caiu para nono na largada. Quem se deu muito bem foi Nico Rosberg, que saiu de sétimo para o quarto lugar na largada. Bruno Senna, que largou na vigésima primeira posição, não durou muito na pista. Di Grassi, que largava em vigésimo, subiu para décimo oitavo e Barrichello, que largava em décimo, caiu para décimo primeiro.

Após a largada, o trio da dianteira, Button, Alonso e Massa, abriam muita vantagem sobre o quarto colocado, Nico Rosberg, o que os deixou tranquilos na frente. Button, com mais pressão aerodinâmica e dulto, tinha um carro mais equilibrado nas curvas, enquanto Alonso se aproximava mais nas retas com o carro quase sem nenhuma pressão aerodinâmica. Massa vinha atrás dos dois, tentando se aproveitar de alguma situação. Button e Alonso começavam a trocar voltas mais rápidas, mas Massa também começou a andar rápido. Porém, o brasileiro escapou na primeira variante da pista e perdeu contato com Button e Alonso. Algumas voltas depois, Massa conseguia se aproximar. Webber, que perdeu posições na largada, tentava se recuperar e ultrapassou Schumacher para subir para a oitava posição e chegar no carro de Vettel. O alemão reclamou de um problema no motor e perdeu rendimento, até ser ultrapassado por Webber.

Lá na frente, Alonso tentava botar pressão em cima de Button, que se sustentava bem até começarem as paradas nos boxes. O pelotão de trás, com os carros mais lentos da pista, foram os primeiros a fazer as trocas de pneus. Sakon Yamamoto, da Hispania, acabou atingindo um dos seus mecânicos na parada e a ambulância entrou para o resgate do mecânico. Os boxes foram reabertos na volta 31. Webber, que assumiu a ponta do mundial após o abandono de Hamilton, tentava se aproximar de Nico Hulkenberg, que vinha em uma ótima sexta posição pela Williams. Antes da volta 37, Button foi aos boxes para troca de pneus. Em uma atitude de muita esperteza, a Ferrari posicionou os mecânicos nas posições de parada. Como o boxe da McLaren é logo atrás da Ferrari, o inglês acabou perdendo um pouco mais de tempo por ter que desviar dos mecânicos da Ferrari. Na volta seguinte, quem entraria nos boxe era Alonso. Em uma troca melhor e mais rápida, ele conseguiu voltar a frente de Button. Massa, que estava fazendo voltas mais rápidas uma atrás da outra, parou nos boxes, mas não conseguindo passar Button nos Boxes.

Após as paradas, Alonso foi para a ponta e conseguiu tirar proveito do seu carro mais rápido nas retas, abrindo uma distância suficiente para ter tranquilidade na ponta. Webber, que tentava passar Nico Hulkenberg a várias voltas, consegue fazê-la finalmente a algumas voltas do fim. Button tentava se aproximar, mas o carro não era tão rápido na reta e Massa começou a tentar uma aproximação. Vettel, que estava com problema de motor, conseguiu se recuperar do problema. Em quarto, parou somente na penúltima volta, abrindo a volta final. Conseguiu colocar vantagem suficiente em cima de Webber e Rosberg, e voltou a frente dos dois. Para um piloto que vinha em uma sequência grande de erros, Vettel se redimiu e muito bem. Lá na frente, Alonso cruzava tranquilo a linha de chegada em primeiro. Button acabou chegando em segundo e Felipe Massa completou o pódio. Barrichello chegou em décimo, di Grassi abandonou a 3 voltas do fim com problema mecânico e Bruno Senna na volta 11 por causa da suspensão.

Com a vitória, Alonso voltou a brigar pelo titulo, agora com 166 pontos. Webber lidera com 187, contra os 182 de Hamilton. Button é o quarto colocado, com 165. Vettel tem 163 e Massa é o sexto colocado, com 124. A Red Bull lidera o campeonato de construtores com 350 pontos, 3 a mais que a McLaren, que tem 347. A Ferrari é a terceira colocada, com 290 pontos.

Confira o resultado final do GP da Itália, em Monza (306,720 km):

1 – Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 53 voltas em 1h16m24s572
2 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – a 2s938
3 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 4s223
4 – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – a 28s193
5 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 29s942
6 – Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – a 31s276
7 – Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth) – a 32s812
8 – Robert Kubica (POL/Renault) – a 34s028
9 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 44s948
10 – Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) – a 1m04s213
11 – Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari) – a 1m05s056
12 – Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes) – a 1m06s106
13 – Vitaly Petrov (RUS/Renault) – a 1m18s919
14 – Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari) – a 1 volta
15 – Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari) – a 1 volta
16 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – a 1 volta
17 – Timo Glock (ALE/VRT-Cosworth) – a 2 voltas
18 – Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth) – a 2 voltas
19 – Sakon Yamamoto (JAP/Hispania-Cosworth) – a 2 voltas
20 – Lucas di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth) – a 3 voltas/mecânico

Não completaram:
Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth) – a 7 voltas/motor
Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth) – a 42 voltas/suspensão
Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – a 53 voltas/acidente
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – a 53 voltas/câmbio

Melhor volta: Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m24s139, na 52ª

Publicado em setembro 12, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 23 Comentários.

  1. Quer dizer que o piloto não faz a curva de uma chicane varias vez e com isso se aproveita , sem receber uma punição?

  2. Daniel, não sei de quem foi a decisão na Mclaren, mandar o Button trocar pneus antes da Ferrari que era mais rápida, mais não o suficiente para conseguir uma ultrapassagem, isso e a esperteza da equipe Ferrari, decretou a derrota do Button!
    Nota 10 para a equipe Ferrari e do piloto Alonso.
    Galvão Bueno, passou a corrida nos infernizando sobre a regulagem do carro do Button e quem venceu foi o Alonso.

    • Na verdade, ele voltaria em primeiro. Porém, a estratégia e esperteza a Ferrari ainda ‘atrapalhou’ Button nos boxes. Ele teve que desviar dos mecânicos da equipe, perdendo o suficiente para ser ultrapassado. Só ver que na volta do Alonso, ele quase vai a frente de novo.

  3. Pena que nenhuma ultrapassagen de Alonso e Massa foi feita em pista; a não ser na largada o Button. Mas valeu a corrida; espero q a competitividade continue assim para Cingapura e para o fim da temporada!

    • Não vi uma corrida tão boa para os padrões de Monza, mas quem ganhou mereceu ganhar. E Button também mereceria a vitória, se ganhasse, seria merecido também. Cingapura teoricamente favorece a Red Bull, mas em uma corrida tudo pode acontecer.

  4. ELVIS SILVA DE OLIVEIRA

    Estou muito privilegiado com essa vitória do Fernando alonso. ele quebrou esse jejum de 1 ano sem vitórias da equipe italiana mas a ultrapassagem na saída dos boxes pra cima de jenson button foi maravilhosa e eu dou nota 10 pra ele ter honrado o nome da ferrari

    meus parabéns valeu rumo ao tri

    • É, e a Ferrari foi bem também trabalhando mais rápida nos boxes e ainda tiraram alguns décimos durante a parada do Button, quando a equipe se aprontou e ele perdeu o suficiente para perder a posição rsrs.

  5. A corrida foi muito boa, apesar de não ir muito com a cara do vencedor dela, mas mesmo assim, foi mais do que merecida, pois fez tudo certo, durante o GP, o mesmo seria para o Button, caso ele tivesse vencido.
    Sobre o campeão, o Alonso chegou mais perto, e tem com certeza chance de brigar, mas acho que não será dele este ano, ou será do Lewis Hamilton, para quem eu torço entre eles, ou Mark Webber, já o Button e o Alonso teriam de ganhar, e ainda mais, torçe para que um deles ficasse lá atrás, coisa que eu acho que o Lewis não fará mais na temporada.

    Abraços

    • Na verdade, a corrida foi bem regular né. TAmbém não vou com a cara do vencedor, mas mereceu a vitória. E se Button ganhasse, também seria justo. Incrivel a condução dos dois, com toda a pressão do mundo eles foram perfeitos. Hamilton se complicou um pouco, já que as próximas pistas podem favorecer teoricamente a Red Bull, mas vamos ver.

  6. Parece que a Ferrari esta voltando a ser a velha Ferrari do passado.O vermelho voltou a ofuscar o brilho dos seus adversarios,é claro que com o talento do Alonso do Massa e acerto dos carros, a coisa muda,e mudou para muito melhor.Ver a Ferrari no degrau mais alto é sempre bom.O campeonato deste ano voltou a vermalhar,pra cima deles Ferrari.

  7. Estranho…..muito estranho a atitude de Massa ficar meio que conformado com a terceira colocação….e o trabalho da Ferrari….exemplar para o Alonso e nem tanto para o Massa….me engana que eu gosto!

    • Hoje Massa ficou apenas cercando por orientação da equipe e por não ter mais o que fazer. Ele é o funcionário do mês por causa disso. Não vai arriscar tirar Alonso da corrida brigando o tempo todo. E nem tinha ritmo para se intrometer na briga dos dois, apenas para segui-los de perto esperando um erro para dar o pulo do gato.

  8. Button e Alonso foram impecáveis. Um dos melhores duelos que já vi. Embora alguns amigos meus tenham discordado de mim e falaram que não houve briga, eu acho que houve uma briga excelente. Se os pilotos não ficavam lado a lado o tempo todo, foi uma briga de voltas mais rápidas e uma briga psicológica. Ninguém podia errar. E ninguém errou. Foi incrível!

  9. De la Rosa deixa Sauber e dá lugar a Heidfeld já em Cingapura.
    Essa noticia parece ser verdadeira, De la Rosa foi um grande piloto e é um ótimo piloto de teste, tanto é verdade que a Sauber vem se recuperando no campeonato em muito pelas qualidade desse grande acertador, essa troca na Sauber é por um outro grande piloto que não deveria estar afastado da F1, a fabrica Pirelli vai sentir muito sua falta, talvez De la Rosa possa substituir Heidfeld nessa jornada da Pirelli e tem méritos para isso.

  10. A próxima corrida em Cingapura, um circuito que não é de todo mau para a Ferrari. A vantagem inicialmente é da Red Bull, mas a tração da Ferrari é boa para o freia e acelera da prova noturna. Uma boa posição de largada pode definir tudo, ou não. Alonso não pode ter nenhum abandona agora e lembramos que ele está no seu limite de motor.

    E como disse o Domenicali, Cingapura é uma prova que só se vence na bandeirada final, tudo pode acontecer naquele circuito estreito. Concordo com ele e, não discarto as Red Bulls e McLarens e nem o Massa que mostrou bem competitivo final de semana.

  11. A corrida pode favorecer o Button também, já que ele sabe como lhe dar em pistas assim como a de Cingapura. A pista pode favorecer a REd Bull, mas em uma corrida tudo pode acontecer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: