Vettel vence no Japão

Assim como nos treinos, a Red Bull confirmou o domínio na corrida e Vettel venceu com tranquilidade o GP do Japão em Suzuka. O alemão escapou de todos os incidentes e não teve trabalho nenhum de completar em primeiro lugar a corrida, sendo assim sua segunda vitória seguida no circuito japonês. Mark Webber, seu companheiro de equipe, completou a dobradinha da equipe austríaca ao chegar em segundo lugar e em terceiro lugar chegou o espanhol Fernando Alonso da Ferrari.

Já antes da corrida, aconteceu o primeiro acidente. O brasileiro Lucas di Grassi, da Virgin, bateu ainda na volta de instalação da corrida. O piloto perdeu o controle do carro e a batida foi até forte, mas ele saiu andando do carro. Já na largada, o alemão Hulkenberg, da Williams, não largou bem. O russo Petrov, da Renault, tentou desviar, mas acabou indo pra cima do carro de Felipe Massa. O Russo acabou rodando e ainda tocando no carro de Hulkenberg. Depois, na primeira curva, Nico Rosberg jogou Massa pra grama e o brasileiro acabou perdendo o controle do carro, batendo forte com o italiano Liuzzi, da Force India. Com o carro de segurança na pista, mais um incidente, desta vez com Kubica, da Renault. O polonês, que tinha pulado pra segundo na largada, acabou perdendo a roda traseira direita durante seu aquecimento de pneus.

Depois de tudo, o carro de segurança entrou nos boxes na sétima volta. Vettel, Webber, Alonso, Button e Hamilton, nessa mesma ordem, seguiam como os cinco mais bem posicionados da pista. Na turma do meio para trás, Barrichello estava em sexto lugar, quando Schumacher fez uma bela ultrapassagem sobre o brasileiro na chicane Triangle, a última antes da reta dos boxes. Mas quem fazia a alegria dos japoneses era o corredor da casa, Kamui Kobayashi, da Sauber. Em décimo primeiro, o japonês começou a dar seu show na décima quarta volta. No hairpin, ele fez uma bela ultrapassagem sobre o espanhol Alguersuari, da Toro Rosso. Quatro voltas depois, o alemão Sutil seria a próxima vitima do japonês, também no hairpin. Lá na frente, a ordem se seguia a mesma, sem muitas tentativas de ataque. Na volta 24, Hamilton foi para os boxes para a troca de pneus, voltando a pista em sétimo. Uma volta depois, Vettel, líder da prova, e Alonso, terceiro colocado, também fizeram a troca de pneus.

Webber parou na volta 26. Button assumiu a liderança, e ficaria um bom tempo ainda na pista com seus pneus duros, numa tentativa de ganhar posições, mas sem sucesso. Button para na volta 38, voltando em quinto lugar. Então, a ordem do inicio da corrida voltaria, com Vettel em primeiro, Webber em segundo, Alonso em terceiro, mas desta vez com Hamilton a frente de Button. Mas, na volta 40, Hamilton informa a perda da terceira marcha. Mesmo com o câmbio trocado, Hamilton ainda teve problemas. Com isso, Button se aproximou muito e na volta 44 fez a ultrapassagem sobre o campeão mundial de 2008. No meio do grid, Schumacher pressionava Rosberg, até que o jovem alemão acabou perdendo o pneu traseiro direito. E o nome da corrida, Kobayashi, ainda fez duas bonitas ultrapassagens, uma pra cima de Barrichello, e outra pra cima de seu companheiro de equipe, para chegar em uma boa sétima posição.

Lá na frente, Vettel cruzava com tranquiliada a linha de chegada em primeiro, com Webber em segundo e Alonso em terceiro.  Button cruzou em quarto lugar, com Hamilton em quinto e Schumacher em sexto. Kobayashi acabou na sétima posição, com Heidfeid em uma boa oitava posição, Rubinho em nono e o suíço Buemi, da Toro Rosso, em décimo lugar. Bruno Senna completou a prova na décima quinta posição.

Com isso, Webber manteve a liderança do mundial, com 220 pontos agora com 14 pontos a frente de Fernando Alonso, que tem 206 pontos. Vettel, vencedor da prova, renasceu no campeonato, com os mesmos 206 pontos do espanhol da Ferrari, mas com uma vitória a menos. Hamilton agora tem 192 pontos, e Button 189. A dupla da McLaren correm um sério risco no campeonato, tendo que reagir logo. Na tabela de construtores, a Red Bull aparece com 426 pontos, 45 a mais que a McLaren, agora com 334. A Ferrari tem 334.

Confira o resultado final do GP do Japão, em Suzuka (307,573 km):

1°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), 1h30min27s323 ( 53 voltas )
2°. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault), a 0s905 ( 53 )
3°. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 2s721 ( 53 )
4°. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 13s522 ( 53 )
5°. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), a 39s595 ( 53 )
6°. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 59s933 53 )
7°. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), a 1min04s038 ( 53 )
8°. Nick Heidfeld (ALE/Sauber-Ferrari), a 1min09s648 ( 53 )
9°. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), a 1min10s846 ( 53 )
10°. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), a 1min12s806 ( 53 )
11°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1 volta 52
12°. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth), a 1 volta ( 52 )
13°. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth), a 2 voltas ( 50 )
14°. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth), a 2 voltas ( 50 )
15°. Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth), a 2 voltas ( 50 )
16°. Sakon Yamamoto (JAP/Hispania-Cosworth), a 3 voltas ( 49 )
17°. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 5 voltas ( 47 )

Não completaram

18°. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes), 45 voltas
19°. Robert Kubica (POL/Renault), 4
20º. Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth), 1
21°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1
22°. Vitaly Petrov (RUS/Renault), 1
23°. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes), 1
24°. Lucas di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth), não largou

O destaque da prova, Kobayashi merece uma homenagem. Aqui vai uma foto dele:

Publicado em outubro 9, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 9 Comentários.

  1. q bom que cancelaram e será que a Globo vai passar otreino, ou ele será na sportv?

    abs!

  2. Sinceramente, as corridas de antigamente na China tinham essa mesma proporção de chuva, e mesmo assim o treino se seguia normalmente, eu acho que tem uma pitada de insegurança da pista nessas horas (Vale lembrar que um piloto da Nippon morreu em 2008 se não me engano), mas enfim, to aguardando anciosamente para a corrida ! Abraços gente🙂

  3. jajajjajaa que cómico, lso barcos.. bueno ojala mañana no llueva de verdad. para que se pueda hacer todo.

  4. Por mais que o Vettel tenha vencido,o destaque de verdade foi o Kobayashi e suas ultrapassagens.

    Japonês arretado da muléstia! (rs)

  5. Hey very nice blog!! Man .. Beautiful .. Amazing .. I will bookmark your blog and take the feeds
    also…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: