Jackie Stewart – Um resumo de sua carreira

Jackie Stewart, nascido na cidade de Milton, na Escócia, no dia 11 de julho de 1939 foi e é considerado até hoje um dos melhores pilotos da história da Fórmula 1.Ele integrou uma geração fantástica de pilotos que surgiram durante os anos 60 e 70, tendo quebrado o recordes de vitórias na Fórmula 1 que pertencia também a um escocês, Jim Clarck.

Sua primeira temporada na Fórmula 1 foi 1965, na BRM, aonde marcaria já seu primeiro ponto na sua primeira corrida, na África do Sul. Em Mônaco, corrida seguinte, subiu ao pódio pela primeira vez, com um terceiro lugar. Depois de três segundos lugares (Bélgica, França e Holanda), Stewart conseguiu sua primeira vitória no GP da Itália, em Monza.

Com uma bela atuação já no primeiro ano de Fórmula 1, Stewart termina a temporada como o terceiro colocado no campeonato com 33 pontos. Ficou na BRM até 1967, e sua última vitória pela equipe foi em Mônaco, em 1966.

Foi para a equipe francesa Matra em 1968, ganhando três corrida e ficando em segundo lugar no campeonato, na temporada que ficou marcada pelo acidente fatal de Jim Clarck em Hockenheim, na Alemanha, quando disputava uma corrida pela Fórmula 2.

Foi vice-campeão da temporada somando 36 pontos e conquistando três vitórias, mesmo número de vitórias do campeão Graham Hill. Porém, na soma de melhores resultados, o inglês levou a melhor contra Stewart.

Em 1969, Stewart permanece na Matra, e começa o ano com duas vitórias nas duas primeiras corridas (África do Sul e Espanha). Foi nessa temporada também que Jackie fez sua primeira pole, em Mônaco, mas abandonou a corrida.

Depois de Mônaco, o escocês conseguiu uma sequência de cinco pódios, com quatro vitorias (Holanda, França, Inglaterra e Itália) e um segundo lugar na Alemanha. Com um quarto lugar na última corrida do ano, no México, Jackie conquista seu primeiro campeonato mundial de Fórmula 1, com 63 pontos somados.

Em 1970, Stewart sai da Matra e vai para a Tyrrell, equipe recém chegada na Fórmula 1. A equipe utiliza chassis da March, enquanto construía o próprio durante o inico da temporada. Stewart mostra serviço na equipe, ao fazer já a primeira pole da equipe na Fórmula 1 na África do Sul, e chegar em terceiro.

Além disso, venceria o GP da Espanha, disputado em Jarama. Fez três mais três poles (Mônaco, Bélgica e Canadá), mas não conseguiu completar essas corridas. Seus outros melhores resultados foram dois segundos lugares, um na Holanda e um na Itália. Termina o campeonato em quinto, com 25 pontos somados.

Em 1971, já com a equipe fazendo seus próprios chassis, o escocês consegue dominar o campeonato com seis vitorias (Espanha, Mônaco, França, Inglaterra, Alemanha e Canadá), seis poles (África do Sul, Mônaco, França, Alemanha, Canadá e Estados Unidos) e um segundo lugar na África do Sul. Estes resultados fizeram com que Stewart se tornasse bicampeão de Fórmula 1, com 62 pontos somados.

Favorito para 1972, Jackie ainda consegue uma vitória no começo da temporada, mas a irregularidade e alguns problemas nos carros que pilotou não deram a chance do escocês ser tricampeão em 1972, mesmo com quatro vitórias (Argentina, França, Canadá e Estados Unidos). Ele acabaria sendo vice-campeão com 45 pontos, atrás de Emerson Fittipaldi, que ganharia o primeiro titulo de um brasileiro na Fórmula 1 naquele ano.

Em 1973, Jackie já era considerado velho e cansado demais na Fórmula 1, mas supera todas as criticas, mostrando que ainda era muito rápido. Venceu cinco corridas no ano (África do Sul, Bélgica, Mônaco, Holanda e Alemanha), além de dois segundos lugares (Brasil e Áustria) e um terceiro lugar na Argentina.

Somando isso com os pontos que ele ganhou durante a temporada, com somente 1 abandono no ano, na Espanha, se sagraria tricampeão mundial em 1973. Porém, a morte de seu companheiro de equipe e amigo François Cevert nos treinos para o GP dos Estados Unidos o abalou muito, e Stewart, que já iria se aposentar naquele ano, não correu em Watkins Glen.

Anos mais tarde, em 1997, retornaria a Fórmula 1 com sua própria equipe que levava seu sobrenome. Pela equipe correram Rubens Barrichello, Jan Magnussem, Jos Verstappen e Johnny Hebert. A equipe obteve bons resultados, como um segundo lugar de Barrichello em Mônaco, três terceiros lugares em 1999 com Barrichello também, sendo um em San Marino, outro na França, aonde o brasileiro até foi pole.

A única vitória de sua equipe foi no GP da Europa, em Nurburgring, em que sua equipe venceu a corrida com Johnny Hebert e ainda teve Rubens Barrichello chegando em terceiro. A equipe conseguiu terminar em uma boa quarta posição na temporada. Porém, atolado em dividas, Stewart teve que vender sua equipe para a Jaguar.

Números de Jackie na Fórmula 1:

Temporadas na Fórmula 1: 1965 até 1973

Corridas: 100 (99 largadas)
Vitórias: 27
Pódios: 43
Pole positions: 17
Voltas mais rápidas: 15
Pontos: 359
Titulos: 3(1969, 1971 e 1973)
Times na Fórmula 1: BRM, Matra e Tyrrell

Stewart e Fittipaldi, amigos fora das pistas e rivais dentro delas por quatro anos.

Stewart e François Cevert. O escocês gostava muito do jovem francês, que seria seu sucessor campeão na Tyrrell se não fosse o trágico acidente de Cevert em Watkins Glen em 1973.

Jackie Stewart e sua esposa Hellen Stewart com quem é casado a muitos anos.

Publicado em dezembro 16, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Que piloto.. 3 títulos mundiais em 99 GPs. Lenda viva.

    Daniel, belo post. Faça mais desse gênero que eu gostei muito. Abraço..

  2. Daniel,

    Em 1970, no primeiro GP do ano, Jackie Stewart estabeleceu a primeira pole da Equipe Tyrrell e, simultaneamente, a primeira pole de um chassis March!

    E como se não bastasse, no GP do Canadá Stewart estabeleceu a primeira pole de um chassis Tyrrell…

    Isso é um feito para poucos!! Acho que nem Fangio, que em 1954 foi campeão correndo com Maserati e Mercedes, conseguiu!

    É verdade, o ‘Vesgo’ era e é demais!!!

    um abraço!

  3. Thank you for sharing this specific superb subject material on your web-site. I came across it on google. I will check to come back whenever you post additional aricles.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: