Review 1982 – Pironi assume a ponta do campeonato em Brands Hatch

Depois do susto com a pancada de René Arnoux na Holanda, a Fórmula 1 saiu de Zandvoort direto para Brands Hatch, na Inglaterra, aonde aconteceria a próxima corrida da temporada. Nos treinos, o finlandês Keke Rosberg, que estava se tornando um destaque na temporada, fez sua primeira pole position da carreira no circuito inglês.

Ao seu lado largaria o italiano Riccardo Patrese da Brabham. Nelson Piquet, no outro Brabham, fez o terceiro melhor tempo, com Didier Pironi ao seu lado na quarta posição. A terceira fila era formada por Niki Lauda da McLaren e René Arnox da Renault.

Na quarta fila estavam Elio de Angelis da Lotus e Alain Prost da Renault. Fechando as 10 melhores posições do grid, aparecem Michele Alboreto da Tyrrell e Derek Daly da Williams. Chico Serra largaria na vigésima posição com o carro da Fittipaldi, enquanto Raul Boesel não conseguiu classificar seu March para a corrida.

Chega o dia da corrida. Os carros estavam posicionados no grid para a tradicional volta de apresentação, mas quem mais chamou atenção foi a equipe Williams trabalhando no carro de Rosberg. Os carros foram liberados para darem a volta de apresentação, mas o carro de Keke não largou. Ouvindo um comentário, o motivo seria algum problema relacionado com o combustível no carro do finlandês. O problema seria resolvido a tempo de colocá-lo na corrida, mas Keke teria que sair na última posição do grid, deixando vaga a posição 1 do grid.

Na hora da largada, a Brabham de Patrese não saiu do lugar. Com isso, René Arnoux, que estava atrás do italiano, não conseguiu desviar seu Renault da Brabham de Riccardo, ainda levando junto com eles o italiano Teo Fabi, da Toleman. Após toda a confusão da largada, Nelson Piquet assumiu a primeira posição com Lauda em segundo e Pironi em terceiro.

Keke Rosberg, que havia saído da última posição do grid, pulou da 26ª para a 15ª posição em uma grande largada. Na segunda volta da corrida, Chico Serra bateu forte após se “encrencar” com a Osella do francês Jean-Pierre Jarier. O brasileiro saiu de seu carro mancando, mas não aconteceu nada de mais grave com ele. Piquet, que estava na liderança, havia largado com pouco combustível e pneus que duram menos que o normal.

Para que sua estratégia de corrida desse certo, ele teria que abrir no minino 14 segundos de vantagem para Lauda até sua primeira parada. Porém, o brasileiro abandonou na nona volta com problemas no sistema de combustível, o mesmo problema que Keke Rosberg teve antes da largada. Falando no finlandês, ele vinha em uma ótima corrida de recuperação, com várias ultrapassagens e se aproveitando de abandonos.

Lá na frente, Lauda já estava folgado na liderança, com Pironi em segundo e o italiano Elio de Angelis em terceiro. Porém, de Angelis perdeu a sua terceira posição para o francês Patrick Tambay, da Ferrari, que fazia uma boa corrida após largar da décima terceira posição.

Talvez a maior decepção da prova tenha sido a equipe Renault, que sempre acostumada a largar na primeira e segunda fila, não conseguiu acompanhar a McLaren e Ferrari na prova. Na volta de número 50, Keke Rosberg, que fazia grande corrida de recuperação, abandonou a prova também com problemas no sistema de combustível, o mesmo que o atrapalhou antes da largada. Foi uma pena porque estava fazendo uma belíssima corrida de recuperação.

Após o abandono de Andrea de Cesaris na volta 66, apenas 10 carros conseguiram continuar na corrida. As 10 últimas voltas da corrida não chamaram muito a atenção, só um rápido ‘duelo’ entre Elio de Angelis e Derek Daly pela quarta posição. Lá na frente, com toda a tranquilidade, Lauda recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar, 25 segundos a frente do francês Didier Pironi da Ferrari.

Patrick Tambay chegou em terceiro, conquistando assim seus primeiros pontos e também seu primeiro pódio pela equipe italiana. Elio de Angelis, Derek Daly e Alain Prost chegaram em quarto, quinto e sexto, respectivamente. A volta mais rápida foi marcada pelo surpreendente Brian Henton, da Tyrrell, que largou em décimo sétimo e chegou em oitavo.

Após a corrida, Pironi assumiu a liderança do campeonato com 35 pontos contra 30 de John Watson da McLaren. Niki Lauda, vencedor da corrida, chegou aos 24, sendo seguido de perto por Keke Rosberg com 21. Faltando seis etapas para o fim do campeonato, Didier Pironi era o maior favorito para conquistar o titulo, pois tinha um carro rápido e a liderança chegou em suas mãos na hora certa. No próximo post, contarei sobre o GP da França.

 

Mais uma vez, agradeço ao meu amigo Rian, do F1 Nostalgia pelas fotos e por algumas informações que foram importantes para o post. Visitem o blog dele.

Publicado em dezembro 17, 2010, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Chega a ser hilário ver Keke Rosberg dando sua volta de apresentação entortando sua Williams para tudo que é lado a fim de chegar a tempo para a largada. Foi incrível, bem a tempo!

    E sua largada então? Fenomenal!

    Abração, Daniel!

  2. Many thanks pertaining to discussing the following superb subject material on your website. I discovered it on the internet. I will check back again if you post additional aricles.

  3. This one is an inspiration personally to uncover out much more related to this subject. I must confess your knowledge prolonged my sentiments as well as I’m going to right now take your feed to stay up to date on every coming blog posts you might possibly create. You might be worthy of thanks for a job perfectly completed!

  4. Keke Rosberg para muitos foi o heroi da temporada de 1982 pois ver um piloto sem expressão como Didier Pironi ser campeão depois de toda a bandidagem que ele fez seria duro demais.

  5. Muito bom…mas faltou destacar a atuação de Derek Warwick, que fez uma corrida soberba com o péssimo Toleman, e que teria chegado nos pontos se não fosse problemas no motor Hart turbo do carro…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: