Button completará 200 corridas na Hungria

O piloto inglês Jenson Button, da McLaren, irá completar 200 corridas na Fórmula 1 na Hungria, neste domingo. Hungria que foi o palco de sua primeira vitória na Fórmula 1. Na categoria desde 2000, o inglês contrariou muita gente que não acreditava em sua capacidade nas pistas, principalmente no começo de sua carreira.

Os resultados pela Williams, sua primeira equipe, Benetton, a segunda, e Renault, a terceira, deixaram no ar muitas criticas ao piloto considerado rápido e atrapalhado entre esses anos, coisa que ele mesmo chegou a reconhecer.

Mas, sua ida a BAR seria um ponto importante em sua carreira. Mas no primeiro ano pela  equipe, sofreu o maior acidente de sua carreira. Nos treinos para o GP de Mônaco, Jenson bateu forte após passar pelo túnel, o mesmo lugar o qual o mexicano Perez, da Sauber, também bateu esse ano. Nos dois casos, ambos os pilotos ficariam fora da corrida seguinte (Perez ficou duas corridas fora).

Já no seu segundo ano pela equipe, em 2004, ano de dominio absoluto da Ferrari e Schumacher, o inglês consegue dez pódios e uma pole em San Marino, terminando em terceiro lugar no campeonato e levando a BAR ao segundo lugar dos construtores juntamente com o famoso japonês Takuma Sato, hoje na Fórmula Indy.

Em 2005, Button e sua equipe foram desclassificados da corrida de San Marino após descobrirem que seu carro estava 5 quilos abaixo do peso permitido, e ainda seriam suspensos pelas duas corridas seguintes.

Neste mesmo ano, aconteceu o polêmico GP dos Estados Unidos, marcado pelas equipes que utilizam pneus Michelin (incluindo a equipe de Button) se recusarem a largar por falta de segurança dos pneus na curva 13, a mesma em que Ralf Schumacher sofreu um forte acidente devido a falhas dos pneus da empresa na curva do acidente de Ralf.

Em um ano confuso, Button conseguiu ainda fazer uma pole no Canadá e subir ao pódio por duas vezes no ano, terminando o campeonato em nono lugar.

Mas o ano de 2006 lhe reservou uma ótima surpresa. Depois de três anos, a BAR finalmente se chamaria Honda, e Button continua com bons resultados, começando o ano com um quarto lugar no Bahrein, um terceiro lugar na Malásia e uma pole na Austrália, corrida a qual parou poucos metros antes da chegada com seu motor explodindo.

Mas foi no GP da Hungria o qual viveria o melhor momento de sua carreira até aquele ano. Classificando-se em quarto no grid, perdeu dez posições por ter trocado o motor. Em uma das corridas mais ‘divertidas’ da Fórmula 1, ele sai da décima quarta posição para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar no mesmo palco em que completará sua corrida de número 200. Festa para o inglês e festa para a equipe japonesa.

Button consegue ainda um terceiro lugar no Brasil, na corrida que marcou a ‘despedida’ de Schumacher, o segundo titulo de Alonso e a vitória de Felipe Massa. Termina o campeonato em sexto lugar com 56 pontos contra 30 de Barrichello, que se mudou para a equipe neste mesmo ano.

Porém, 2007 e 2008 seriam temporadas sofriveis para o brasileiro e para o inglês. Na temporada de 2007, um carro com uma pintura completamente diferente do que todos imaginavam. Um especie de pintura com uma campanha para “o mundo salvar o mundo”. A aparência era até bonita, mas o carro era muito lento.

Button ainda conseguiu marcar seis pontos no campeonato, inclusive com um ótimo quinto lugar na China, enquanto Rubinho não conseguiu nenhum ponto. Em 2008, o carro “melhora”, mas nada que leve o carro mais a frente. Rubens conseguiu um terceiro lugar na Inglaterra, mas em uma corrida de muita chuva.

Em condições normais Rubens conseguiu um sexto e sétimo lugar, enquanto Button conseguiu apenas três pontos na temporada. Ao final do ano, um grande drama para o ingês e o brasileiro, pois a Honda anunciou sua saida da Fórmula 1. Quem salvou a pátria da equipe foi Ross Brawn, que conseguiu um patrocinio da Virgin e motor Mercedes.

Em 2009, a equipe muda de nome de Honda para Brawn GP e usa motores Mercedes. Com a batuta de Ross Brawn, a equipe e Button tem um começo de ano arrasador. O inglês vence seis das sete primeiras corridas e ainda consegue um terceiro lugar no começo da temporada.

Sete corridas e sete pódios, o começo dos sonhos de qualquer piloto. Porém, o dominio da Brawn acaba quando a Red Bull surge com tudo, a McLaren também melhora seu carro e a Ferrari começa a aparecer com mais frequência nas primeiras posições. Mas Button pontua em todas as corridas, menos em uma, e mantém uma ótima vantagem para seus adversários.

Chega o GP do Brasil, e para Button basta não chegar muito longe de seus adversários para conquistar o titulo antecipadamente. O inglês, que saiu da décima quarta posição do grid, foi agressivo na corrida, coisa que muitos não esperavam, já que ele estava pilotando de forma conservadora. No fim, cruza a linha de chegada e corre para comemorar o seu titulo com sua equipe, campeã de construtores também em Interlagos. Foram 95 pontos contra 84 de Vettel e 77 de Barrichello.

Depois do titulo, Button deixa a Brawn para assinar com a McLaren e ser companheiro de equipe de Lewis Hamilton, campeão mundial de 2008. Começou bem, com duas vitórias nas quatro primeiras corridas e chegou até ser lider do campeonato. Mas no final da temporada, o melhor carro que era da Red Bull venceu o campeonato e Button ficou na quinta posição do campeonato com 214 pontos. Para muitos que falavam que era um adversário fácil para Hamilton vencer na equipe, Button foi além das expectativas.

Atualmente, ainda corre pela McLaren, e já soma uma vitória no ano, ocupando a quinta posição do campeonato.

Números da carreira de Button antes da corrida 200:

Vitórias: 10
Poles: 7
Pódios: 35
Voltas mais rápidas: 4
Pontos: 650
Titulos: 1

Equipes por qual passou:

Williams em 2000. Sua primeira equipe na F1

Benetton em 2001

Renault em 2002

BAR 2003 - 2005

Honda 2006-2008

Brawn GP 2009

McLaren, atual equipe

Publicado em julho 25, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Um excelente piloto!

    Infelizmente a McLaren não tem ajudado muito ultimamente…

    Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: