A Red Bull de 2010 x Red Bull de 2011

Red Bull comemora titulo 'suado' em 2010. 2011 parece estar mais fácil para a equipe

A primeira metade da temporada 2011 de Fórmula 1 já passou, e com ela algumas coisas muito interessantes que pode-se observar, principalmente comparar com o mesmo periodo do campeonato no ano passado.

Vettel venceu 6 das 11 corridas esse ano. Ano passado, em 19, venceu 5

Uma das coisas interessantes a se observar é a liderança muito tranquila de Vettel. O alemão vêm apresentando uma temporada digna de poucos erros e mostrando que, mesmo quando não vence, esta ali no pódio. Para se ter idéia, a sua pior corrida no ano ainda foi finalizada com um quarto lugar, mostrando que o alemão esta com estrela esse ano. Mas, comparando com o ano passado, as coisas eram muito diferentes.

Com um carro muito superior em relação ao desse ano, Vettel nessa parte do campeonato estava com apenas 136 pontos contra seus 234 pontos nesse momento. Isso não se deve a evolução do carro, pois o do ano passado era mais superior aos adversários em comparação ao desse ano, mas a evolução do próprio Vettel e da confiabilidade do carro da Red Bull que não quebrou ainda esse ano.

No ano passado, nesse mesmo periodo, foram duas vitórias certas jogadas fora por problemas no carro e uma em um acidente bobo com Mark Webber. E mais, enquanto esse ano ele tem 85 pontos de vantagem pro vice-lider, ano passado ele tinha 21 de desvantagem para Hamilton, lider naquela ocasião.

Webber comemorando uma de suas vitórias em 2010. Em 2011, cena ainda não aconteceu

Outra comparação a ser feira é a do australiano Mark Webber do ano passado para o desse ano. Ele parece ter tomado um caminho completamente oposto ao do alemão Vettel, que é o de pilotar menos do que vinha pilotando no ano anterior.

Se em 2010 ele chegou ao final da temporada a frente de Vettel, com grandes chances de conquistar o titulo, nesse ano nem da pole ele tem se aproveitado. Foram três vezes largando na frente do pelotão, mas em ambas perdendo a posição antes da primeira curva. Muito estranho, se levarmos em consideração que Webber pode não ser o piloto mais brilhante dali, mas também não é um mal piloto.

Apesar de vice-lider do campeonato, ele está com 85 pontos de desvantagem para seu companheiro de equipe. Ou a perda do titulo do ano passado o abateu até agora, ou qualquer outra coisa afetou seu rendimento, pois se no ano passado ele conseguiu alcançar quatro vitórias, sendo 3 nesse periodo de 11 corridas. Mas, com contrato até o final de 2012, talvez ele tente se animar e, consequentemente, vencer pelo menos 1 corrida.

O RB7 da Red Bull. Muito mais confiável do que o RB6 do ano anterior

Por fim, vamos comparar agora o RB6 de 2010 e o RB7 de 2011. A maior diferença entre esses carros está com certeza no quesito de confiabilidade. Vettel, por exemplo, perdeu três corridas absolutamente ganhas por algum tipo de problema, mas nesse ano os dois carros da equipe conseguiram completar todas as corridas. Já no ano passado, somando problemas e acidentes foram cinco abandonos.

Ainda sobre o carro, a equipe parece não ser tão superior como era no ano passado, mas ainda sim é dona de todas as 11 poles das 11 corridas disputadas até agora. Mas em ritmo de corrida, a equipe não é tão superior como era ano passado, pelo menos na maioria das corridas desse ano. Mas mesmo assim, a vantagem construida por Vettel em relação aos outros pilotos de outras equipes é grande demais para que ele possa perder o titulo.

Teoricamente, é apenas administrar, mas como não é do próprio Vettel fazer isso e a equipe deve melhorar seu carro para a segunda metade da temporada, podemos dizer então que só um desastre muito grande, ou uma queda de rendimento enorme da Red Bull, junto a evolução das outras equipes podem tirar o titulo dela e de Vettel.

Mas, com essa variação de vencedores e contando o fato de que sempre algum deles tem algum problema depois de vencem as corridas, é provável que o titulo de Vettel ninguém tira mais.

Publicado em agosto 5, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Fora os erros dos pilotos que estão sendo bem menores!

  2. Gostei da sua análise, Daniel. Objetiva e sem paixões ou modismos. Se bem que poderíamos ter apontado entre as diferenças também uma ligeira mudança de postura – enquanto a Red Bull Racing da Stock Car ensinou recentemente que “corrida é na pista”, este ano vemos a matriz austríaca seguir uma diretriz oposta, dando ordens suspeitas a Webber (o qual, corajosamente, se opôs até onde podia). Essa coisa da politicagem parece ter esfriado de 2 corridas pra cá, e agora que o circo está de férias nós esperamos que os dois rubro-taurinos possam brigar livremente na pista.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: