Retrospectiva 2011: Resumo das grandes equipes

A partir de hoje, começa aqui no blog uma breve retrospectiva da temporada de 2011. Vai ser divido assim: Resumo das equipes grandes, médias e pequenas. Os melhores pilotos, as revelações e as decepções e as melhores e piores corrida. Hoje, será a vez de fazer um resumo das equipes grandes do ano.

Red Bull: De longe, a melhor equipe do ano. Sobrou no campeonato,fez 18 das 19 poles possiveis, sendo que Vettel fez 15 delas e quebrou o recorde de poles em uma mesma temporada superando Nigel Mansell em 1992 com a Williams, quando o inglês fez 14.

Porém, nem sempre a equipe sobrava nas corridas, algumas foram ganhas no braço de Vettel e outras as equipes adversárias foram superiores. O que fez diferença para a equipe rubro-taurina em 2011 foi a confiabilidade do carro que deu menos problemas que em 2010, quando quebrou e deu problemas por três vezes no minimo quando Vettel tinha sobras nas corridas.

Esse ano, isso aconteceu apenas em Abu Dhabi quando o alemão já abria grande vantagem ainda nas primeiras curvas. Se não fasse a má fase de Webber e as dificuldade que o australiano encontrou com o carro, poderia ter não somente o titulo, mas também o vice de pilotos.

McLaren: Foi a equipe mais combativa para a equipe Red Bull. Em ritmo de corrida, chegava a superar a equipe austriaca como foi em Nurburgring na bela vitória de Lewis Hamilton. Vice-campeã dos construtores, também viu uma excelente fase de Jenson Button no ano, vencendo três corridas e indo ao pódio 12 vezes, o dobro de vezes de Lewis Hamilton que é considerado o queridinho da equipe.

Embora não tenha conseguido conter o dominio da Red Bull desde 2010, a McLaren parecia ser a única equipe capaz de fazer frente a equipe rubro-taurinha em algumas corridas e deu bastante trabalho como na Espanha, com Hamilton chegando muito perto de Vettel. O vice-campeonato de construtores e de pilotos com Jenson Button foram uma prova real disso.

Ferrari: O ano de 2011 é para ser esquecido. Não adiantou nada todo o esforço de Fernando Alonso, que ainda conseguiu uma vitória no ano, mas em praticamente todas as corridas a equipe italiana não demonstrou ter carro para disputar com Red Bull e McLaren.

Teve que contar com todo o talento do piloto espanhol para conseguir os dez pódios do time no ano. Felipe Massa teve dificuldades com o carro, além de ter vivido uma fase horrivel durante a temporada. A Ferrari precisa trabalhar muito no carro de 2012 para ter chances de disputar o topo do pódio com regularidade, pois não é a cara da Ferrari ficar fora da disputa por vitórias e titulos.

Publicado em dezembro 21, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. A Ferrari teve uma queda vertiginosa se compararmos a segunda metade da temporada de 2010 com a deste ano inteiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: